Doenças mais comuns no Idoso

O envelhecimento faz parte do ciclo vital, é processo normal provocado pelo avançar da idade. Ocorrem mudanças no corpo de caráter fisiológico e biológico, causadas pelo desgaste do organismo.

A perda de capacidades físicas e mentais são as características mais marcadas nos idosos apesar de serem normais causam um transtorno aos idosos que se vê forçado a mudar as suas rotina e estilo de vida.

A falta de capacidade de adaptação e a perda de flexibilidade mental e física é mais uma das características que representa o idoso. Com o avançar da idade e com um desgaste cada vez mais notório começam a chegar a doenças.

Para a OMS (Organização Mundial de Saúde) uma pessoa é considerada idosa partir dos 65 anos de idade. Em Portugal este o número de idosos tem vindo a aumentar desde 1981.

Doenças mais comuns nos idosos

Osteoporose

 

osteoporose
É uma doença que provoca a diminuição da densidade óssea. Isto é deixa os ossos extremamente frágeis, sendo esta condição uma das principais causas de fraturas ósseas nos idosos. Isto traduz-se numa diminuição do cálcio nos ossos, só é quando aparecem as primeiras fraturas. Esta doença é causada pelo avanço normal da idade. Existem também fatores de risco que promovem o aparecimento da osteoporose como:

  • Hábitos tabágicos
  • Diabetes
  • Fatores hereditários
  • Doenças endócrinas
  • Medicação
  • Consumos de álcool e outras substancias

O idoso com esta doença precisa de um acompanhamento e de algum tratamento para evitar que os ossos fiquem muitos fracos. Uma fratura óssea num idoso pode ser extremamente perigosa principalmente se for da anca ou do fémur. O tratamento pode ser feito de varias formas por isso consulte o seus medico e escolha o tratamento indicado.

Cataratas

 

Cataratas
É uma doença oftalmológica que leva à cegueira total. Esta doença é resultado de um bloqueio total do olho por depósitos formados por proteínas. Como todas as doenças que ocorrem na terceira idade estas é resultado o avanço da idade mas também pode ter causas externas que promovem as cataratas como trauma ou exposição a radiação.

Os factores de risco são:

  • Diabetes
  • Tabagismo
  • Consumo de álcool
  • Grande exposição direta de luz solar

É facilmente diagnosticada com um exame oftalmológico simples. Existem tratamentos com resultados comprovados, consulte o seu médico de família ou o seu oftalmologista para mais informações.

Aterosclerose

 

arterioesclorose
É uma doença que afeta os vasos sanguíneos, ela faz com que os vasossanguíneos sejam bloqueados por placas lipídicas. É uma doença inflamatória crónica extremamente perigosa que é responsável por grande numero de mortes todos os anos.

Os sintomas desta doença apresentam-se sobre a forma de dores de cabeça fortes e dores corporais.

Existem alguns fatores de risco que devem ser eliminados ou controlados para tentar evitar esta doença como:

  • Hipertensão
  • Obesidade
  • Sedentarismo
  • Consumo de álcool
  • Diabetes
  • Hiperlipidemia – um distúrbio hereditário que causa níveis elevados de colesterol e altos níveis de triglicerídeos no sangue.

Como prevenção deve-se eliminar os fatores de risco e promover hábitos mais saudáveis como modificar a dieta para a tornar mais saudável possível e fazer mais exercício físico.

Demência

 

demencia
A demência tem vários tipos de doenças especificas que afetam diferentes funções básicas. Como por exemplo a Demencia do Alzheimer afeta primariamente a memoria.

A demência é uma doença que afeta funções cognitivas de forma progressiva, momentaneamente ou continuamente que levam o individuo a perder totalmente a sua identidade e autonomia tornando-o completamente dependente.

Uma das dificuldades das demências é a sua distinção do envelhecimento normal e muitas vezes são descartados sinais de demência por familiares porque são dados como problemas da idade. As demências se não forem causadas por fatores externos são irreversíveis. Se elas forem causadas por fatores externos a eliminação desses fatores pode levar à recuperação do idoso.

Os fatores externos são:

  • Consumos de drogas
  • Depressão
  • Hipotiroidismo
  • Infecções como a SIDA ou a sífilis
  • Deficiência de vitamina b12
  • Tumores
  • Certas medicações podem ter efeitos demenciais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *