Cuidados a ter no posicionamento de idosos

Posicionar corretamente um idoso é essencial para o bem-estar deste, como para do seu cuidador. Não basta dar a mão e dizer levanta-te a um idoso, há que saber estar com ele, posicionar o corpo de ambos corretamente.

cuidados a ter com idosos Os cuidados a ter no posicionamento de idosos é importante quer seja a levantar ou sentar, a apoiar durante as caminhadas, ou mesmo a deitar ou levantar da cama. Primeiro tem que aprender a controlar o seu corpo, para assim movimentar corretamente a outra pessoa.
Pois sem cuidados, poderá ficar com lesões nas suas costas. E isso tanto acontece com o posicionar de um idoso, ou a apanhar algo que caia no chão. Mais, os posicionamentos incorretos podem também provocar lesões na pessoa que está a ser mobilizada, como abrasões na pele, distensões, ou mesmo fraturas.

Como prevenir lesões no posicionamento de idosos

Use sempre o mesmo procedimento para todas as mobilizações! Assim há que estabelecer uma rotina para os posicionamentos/mobilizações de idosos:

Nunca levante mais peso do que consegue.

Crie uma base de suporte com os seus pés (estando apoiados à largura dos ombros, mas com um pé ligeiramente mais à frente que o outro).

Não deixe que sejam as suas costas a fazer a força, permita que seja as suas pernas (pois os músculos das costas não são os mais fortes).

Aquando da mobilização de um idoso de uma cama, considere recorrer a um cinto de apoio lombar. Assim alivia a pressão nas costas.

Faça exercício saudável de modo a fortalecer os seus músculos essenciais para a mobilização de idosos. Bem como reduzir o seu peso de modo a reduzir assim a pressão sobre a sua coluna lombar.

Posicionar idoso na cama

 

Nunca puxe a pessoa pelo braço ou perna. Se possível, tire primeiro os pés da cama, de modo a evitar que a pessoa deslize.

Se for para passar para a cadeira de rodas, primeiro sente-o na cama, e depois coloque a cadeira de rodas próximo, lateralmente à cama, de modo a que o idoso possa ajudar.
• Se colaborante: colocar a mão no apoio lateral da cadeira de rodas, facilitando o movimento.
• Se não colaborante: terá que o apoiar, colocando os seus braços por entres as axilas, levantar e depois rodar o corpo de modo a poder sentá-lo na cadeira de rodas.

Lembre-se, deve usar a força das suas pernas e não as suas costas!

Durante qualquer mobilização deve informar o idoso, calmamente, do que está ou vai fazer. Assim assegura a colaboração dele no que possível.

Conheças as Doenças mais comuns nos idosos para se preparar na eventualidade de ter de tomar conta de um idoso.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *